Título encaminhado…

20180401_gremio_x_brasil_de_pelotas_122
Fonte: globoesporte.com
Por Andre Peixoto

Novamente o Grêmio fez o que tinha que fazer contra um time inferior tecnicamente: liquidou o jogo na primeira partida da final do gauchão e só um desastre total em Pelotas para o Brasil reverter o placar de hoje.

Com Arthur jogando ao lado de Maicon mais uma vez, o Grêmio dominou totalmente o clube pelotense no primeiro tempo. O Brasil veio com uma retranca forte para Porto Alegre, com a intensão de especular um contra ataque e surpreender o tricolor. Tivemos sérias dificuldades em furar essa retranca. Os jogadores mais lúcidos em campo eram Maicon e Luan. Ramiro, Léo Moura e Cortez estavam muito mal no jogo. O time rondava a área do adversário sem conseguir ser efetivo.O xavante até levou algum perigo para nosso goleiro, tendo inclusive uma chance clara de gol desperdiçada pelo solitário atacante Lourency. O Brasil fazia rodízio nas faltas em Luan. Aliás, como ele tem apanhado nos últimos jogos! Até que aos 45 minutos Éder Sciola leva o segundo amarelo e o vermelho. Teve comentarista da ivi que teve a cara de pau de dizer que o cartão foi injusto (sim, a ivi ainda insiste…). O que  estava difícil para o Brasil se tornou impossível. Começa o segundo tempo e o Grêmio logo abre o placar. Arthur encontra Jael que toca em profundidade para Everton tocar no canto de Pitol. Como diz aquele ditado gaudério, passa um boi, passa uma boiada. E foi assim. O segundo foi logo depois com Alisson (ele entrou no lugar de Léo Moura, passando Ramiro para lateral). Cabeçada de Jael, defesa de Pitol que sobra para Alisson somente tocar para o gol. O jogo muda completamente de figura após a entrada desse jogador. Ele da mais velocidade ao ataque. Depois Everton faz mais um em um passe de calcanhar de Jael (sim, de Jael). Ainda sobrou tempo para Ramiro bater uma falta no meio do gol mas com muito efeito que Pitol aceitou. Os 4×0 levaram a torcida a loucura, fazendo com que o time treinado por Clemer fosse literalmente a nocaute.

Agora é o jogo da volta em Pelotas. Creio que nem Leandro Vuaden possa salvar o time do sul do estado. Com Vuaden sabemos que teremos um jogo onde é liberado bater. Temo por Luan nesse jogo. Mas antes temos o jogo da Libertadores contra o Monagas da Venezuela. Não sei o que Renato irá fazer nessas 2 partidas. Muito embora eu não dê bola para título de gauchão, o Grêmio inicia o ano espetacularmente com o título da Recopa e o Gauchão praticamente garantido.

15 comentários em “Título encaminhado…

  1. O Grêmio fez o que tinha que fazer, ganhar do time mais fraco e encaminhar a conquista do título do campeonato gaúcho 2018. O Renato mesmo vendo que alguns jogadores não estão rendendo o esperado, mantém no time, e demora pra realizar a troca, o exemplo do jogo de ontem foi na troca do Léo Moura. Colocou o Ramiro na lateral e o Alisson na função do Ramiro, simples e o time melhorou.
    Quanto a expulsão, foi correta, jogador que tinha levado o amarelo, depois de colocar a mão na bola, e fora que o Brasil bateu direto no jogo, então as reclamações são choro….
    Agora é libertadores, quarta temos que ganhar, e depois ir a Pelotas pra novamente ser campeão em 2018.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Novamente uma partida de 2 tempos e depois da expulsão ficou mais fácil.

    Eu não gosto da escalação pois entendo que Arthur e Maicon tornam o time mais lento com muito toque lateral.

    Mesmo tendo marcado um gol de falta não vem jogando bem o Ramiro no meu entendimento. As 2 laterais também não estão com bons rendimento.

    Entendo que tem que haver um meia de ofício como Lima ou Thonny e pq não ambos com o Arthur ou Matheus para que o meio e ataque possa fazer escores…

    Falo Arthur ou Matheus por terem características semelhantes e a juventude para manter a mesma pegada.

    Filipi e Guedes nas laterais tem de serem preparados pois tá muito complicada a coisa. Sem gás é entregar o corredor para os adversários.

    Todos já sabem como o Grêmio joga e com os novos treinadores que estão surgindo e assumindo os principais clubes vai ser necessário correr e marcar muito bem 90 minutos. Piscou o cachimbo cai…

    Este foi um regional bem fácil pela fragilidade dos adversários más na LA e Brasileiro a coisa promete ser diferente e ali não se pode errar. Agora resta esperar e torcer para que o Renato possa optar por mais de um sistema e escalação.

    Curtir

  3. Acho q a escalação foi acertada para um adversário q viria pra se defender… Talvez, contra adversário menores (monagas) seria até interessante ter Alisson no lugar do Ramiro.

    O time voltou a jogar bem, basta ver os gols do Grêmio, sempre jogadas bem trabalhadas… Porém gauchão não é mto parâmetro…

    E por fim, apoio um time misto em pelotas, visto q vão apelar, até o presidente deles já declarou isso… Luan Arthur e Geromel poderiam ser preservados.

    Abraços

    Curtir

  4. A Majestosa Arena está virando um Terror para os adversários. Dá gosto de ver a maturidade desse time do Renato, principalmente em jogos decisivos. Mentalidade de Campeão. Acredito em mais Taças ao longo do Ano.
    Parabéns Romildo e Renato.
    Devolveram a mentalidade de Time Gigante e Vencedor a este Clube.

    Curtir

  5. Parece mentira, mas o que a maioria entendia como colocar artur ao lado de Maicon funcionou no esmero. Um time rápido, de toques curtos o melhor Grêmio possível. Então chegou o segundo tempo com ativos futuros: toni Anderson e Alisson. Essas duas opções tem sido as melhores e ontem, o Renato foi a fundo. Parabéns ao nosso Grêmio.
    A questão da expulsão, não estou entendendo a comoção generalizada nos meios de comunicação. A derrota não passa pelo árbitro. Continuariam perdendo motivados. O Brasil é um time que bate horrores. Não descartaria um time misto. Temos mais competições imprenscindiveis a disputar. O Gauchão continua sendo um torneio de segunda linha.

    Curtir

    1. Tony Anderson me parece ser jogador de uma perna só, toda jogada puxa pra esquerda, mesmo com a direita livre…..começa a clarear o não aproveitamento dele no Cruzeiro.

      Curtir

  6. Mais um título chegando faltam 6 dias.

    O melhor de tudo é que o bom futebol está voltando.
    A pré temporada tardia atrasou a retomada do nível de futebol do ano passado. Ainda não o atingimos mas estamos quase chegando lá.

    Sobre a expulsão é apenas chororô e dor de cotovelo.

    Curtir

  7. Duas mãos na taça após um jogo com uma estratégia perfeitamente executada.
    Sobre a polêmica da expulsão, nem vale a pena entrar, só os lunáticos da IVI e torcedores cego do xavante que estão embarcando nessa, fanatismo tem dessas coisas, não conseguem enxergar uma expulsão duplamente justificada, seja pelo rodízio, avisado pelo Daronco, seja pela entrada temerária.
    Sobre o jogo, primeiro tempo foi estratégico, muita troca de passe, fazendo o time do Brasil correr desesperadamente atrás da bola e o Grêmio controlando, terminando a primeira etapa com 78% e um jogador a mais.
    No segundo tempo foi a segunda parte, a hora de ir pra cima e liquidar. Foi feito. Com participação destacadíssima de Jael e Everton.
    Jael nas assistências, Everton com os gols.
    Time ficou mais incisivo com o Alisson, que nos dá mais ofensividade e ajuda a abrir retrancas.
    Agora é confirmar o resultado no final de semana e trazer a taça para casa.

    Curtir

  8. Depois de um primeiro tempo um pouco sonolento, com apenas um chute mais perigoso de Jael, o GRÊMIO fez o que todos esperavam no segundo tempo. Sendo que depois dos 4 o Renato mais uma vez mandou o time desacelerar, certamente pensando no Monagas na quarta, e teve um pênalti de concurso em cima do Everton, sonegado pela arbitragem. Poderia ter sido 5.

    Quanto à expulsão, me admira muito que vários integrantes da imprensa mandaram crucificar o Zuniga da Colômbia quando tirou o Neymar da Copa, porém ontem acharam o lance normal. É muita isenção, muito salmão.

    Curtir

  9. Antes do jogo IVI tinha batizado o Brasil de Pelotas de Inter de 2006 por conta de Clemer. Era o “Inter” contra o “Barcelona”. Conseguiram colocar o Inter em todas as noticias referentes a final entre o GRÊMIO e o BRASIL DE PELOTAS.
    Depois do jogo, a IVI começou a demonizar a goleada de 4 a zero aplicada pelo Grêmio. A tese de agora é atribuir a vantagem a suposto erro de Daronco, mas o jogador foi expulso por ser violento, não por favorecimento.

    Curtir

  10. André. Sempre é bom mandar em casa.
    Caso contrário, tem timeco que ainda não caiu na real que somos Tri da Libertadores que ainda solta corneta antiga de que “não adianta ganhar a libertadores se não mandamos em casa”.
    Pois bem, Renato e seu grupo, fulmina mais uma corneta.
    Somos Tri da Libertadores. E falta um jogo para mandar em casa de novo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s